Tomas de Aquino, a Perfeição e a Decalcomania

Tomás de Aquino foi um grande filósofo italiano, que viveu entre 1225 e 1274.  Foi um frade católico, e seu trabalho no campo da escolástica e sua dialética é fantástico. Ele desenvolveu vários comentários a respeito das obras de Aristóteles, incluindo Metafísica.

Magritte
Magritte (1966) La Décalcomanie, óleo sobre tela. 81 × 100 cm

Seus escritos compilados na Suma Teológica nos levam a uma reflexão completamente atual. A sua argumentação dialética aprofunda o debate dos variados temas envolvidos não apenas ao Cristianismo mas à sociedade como um todo.

Um dos conceitos que Tomás de Aquino desenvolve é o da Perfeição, o que é perfeito. E é um dos conceitos que mais me fascinam pois mesmo sendo escrito há cerca de 750 anos atrás, é mais atual que nunca. Continuar lendo

A Invasão Cristã no Mundo Celta – Substituição da Espada pelo Missionário

Diferente da forma habitual de invasão do cristianismo, através de guerras em conjunto com o império romano, em uma relação íntima de poder, a chegada deste sistema de crenças entre os celtas se fez de outra forma. Como a cristianização da Irlanda não foi nesta aliança império/igreja, estruturas formais de demonstração do “poder divino” não se fazem presentes.

Um dos fatos que colaborou para este tipo de invasão era que os celtas não possuíam grandes centros administrativo-políticos, mas pequenos vilarejos agrícolas interligados. Mas esta forma campestre de viver não excluía sua forma feroz de batalhas, sendo as guerras uma parte comum em sua cultura. Como suas vidas eram regidas basicamente pelos fatores climático-astronômicos, suas representações religiosas eram relacionadas à Natureza. Continuar lendo