Publicado em Americas, Arte, Cultura, Livros, Viagens

Por onde andei… Pablo Neruda e Isla Negra

Pablo DSC03258Neruda, grande poeta chileno, está na minha lista de homens imortais. Um homem fantástico, com uma trajetória de vida como poucos, com uma dignidade que faz dele um Espírito para ser lembrado por todos. Prêmio Nobel de Literatura de 1971, morreu em 1973 com câncer de próstata e viveu uma vida voltada à política e à poesia.

Viveu seus últimos anos na sua casa, em Isla Negra, um povoado próximo a Valparaíso, que eu tive a honra de conhecer, e só dDSC03282e lembrar, meus olhos marejam.

Grande parte de nós conhece a biografia dele, escritas e re-escritas em tantas páginas da internet. Até mesmo aqueles poemas e crônicas que lhe atribuem falsamente circulam em nossos emails. Continuar lendo “Por onde andei… Pablo Neruda e Isla Negra”

Publicado em Arte, Celtas, Europa, Filosofia, Medieval

A Invasão Cristã no Mundo Celta – Substituição da Espada pelo Missionário

Diferente da forma habitual de invasão do cristianismo, através de guerras em conjunto com o império romano, em uma relação íntima de poder, a chegada deste sistema de crenças entre os celtas se fez de outra forma. Como a cristianização da Irlanda não foi nesta aliança império/igreja, estruturas formais de demonstração do “poder divino” não se fazem presentes.

Um dos fatos que colaborou para este tipo de invasão era que os celtas não possuíam grandes centros administrativo-políticos, mas pequenos vilarejos agrícolas interligados. Mas esta forma campestre de viver não excluía sua forma feroz de batalhas, sendo as guerras uma parte comum em sua cultura. Como suas vidas eram regidas basicamente pelos fatores climático-astronômicos, suas representações religiosas eram relacionadas à Natureza. Continuar lendo “A Invasão Cristã no Mundo Celta – Substituição da Espada pelo Missionário”